Banda de rock Imperatrizense pode ter sido usada como laranja em desvios de verbas da Saúde do Maranhão.

A 6ª fase da Operação Sermão aos Peixes, deflagrada contra desvios de verbas da Saúde do Maranhão, mira uma banda de rock: a ‘Pilantropia’. Segundo a Procuradoria, o grupo de nome ‘curioso’, serviu de laranja em suposto esquema capitaneado pelo empresário Ricardo Murad, ex-secretário de Saúde e cunhado da ex-governadora Roseana Sarney (MDB).

Alvo de prisão temporária, Murad se entregou nesta terça-feira, 18, à PF. Segundo o procurador Bruno Calabrich, desvios na Saúde entre 2011 e 2013 teriam abastecido blogueiros para manter o controle da opinião pública maranhense.

O procurador afirma que ‘foram desviados recursos públicos provenientes do Fundo Nacional de Saúde, administrados pela OSCIP Bem Viver, para a empresa L Almeida F Produções Musicais ME, pertencente ao músico Luciano Almeida Figueiredo, no montante de R$ 791 mil’. A empresa de Luciano representa a banda de rock.

Os desvios tinham o ‘objetivo de dissimular a distribuição de pagamentos mensais a cerca de 40 blogueiros e profissionais de imprensa, a fim de que não publiquem notícias e informações que possam afetar o grupo político que exercia o comando da organização criminosa, ou o façam relativamente a seus adversários políticos.

De oportalnoticias.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *